Um blog para Amigos e para pessoas de quem gosto, com entrada permitida a alguns mentecaptos encadernados...

10
Jun 14

Xico da Cana (à dir., na foto), com ele passei grandes e bons momentos, misturados com muitas canções charrocas, vinho tinto e milhentos petiscos, ou na sua tasca (que ainda existe, gerida pela filha e pelo genro), junto ao Largo da Palmeira, mas que já perdeu aquela dose de cumplicidade dos velhos tempos, ou em sítios tão diversos como o Parque da Comenda, a Albarquel, Palmela, Troia, Praias do Sado, Comporta, bairro do Peixe Frito, etc... Amigo e camarada de pesca do meu Pai, tinha sempre um sorriso e um abraço para os amigos e não desdenhava uma boa confraternização, onde para abrilhantar, se destacava a sua cana (que andava sempre consigo, era mais do que um instrumento musical, era o seu B.I.!) e a sua voz grave e sonora, que chamava à compita outras vozes, até de pessoas que não conhecia mas que, galvanizadas pelo momento, entravam na atuação. A sua mulher, Dona Emília, uma autoridade na cozinha e que raramente o deixava por o pé em ramo verde, mas dáva-lhe completa liberdade para se deslocar em actuações pelo País e pelo estrangeiro com o seu grupo de bons malandros, era uma jóia de pessoa, humilde, ternurenta e muito querida, a quem eu adorava! Estejam onde estiverem, amigos Xico da Cana e Dona Emília, lá vai aquele abraço cheio de saudades, aquele nosso abraço de borda d'água!

Manel Bola, menos conhecido pelo nome de batismo Carlos Rodrigues, é uma figura popular e querida da cidade de Setúbal. Meu amigo desde os tempos de escola, assisti às suas primeiras actuações teatrais que o levariam posteriormente, aos palcos de diversos teatros e à televisão, onde fez inúmeros papéis em telenovelas e peças de teatro. Apreciador de um bom copo de tinto,  de sardinha assada e de pelins fritos com acompanhamento de arroz de tomate, tem sempre à flor dos lábios um dichote, um sorriso malandro, um dito engraçado. Fiel frequentador do Mercado do Livramento, ponto de encontro para rever amigos e conhecidos e dar dois ou tres dedos de conversa, setubalense de gema, bom conhecedor dos cantos e recantos da nossa cidade e das suas redondezas, além de homem do teatro, é também homem da cultura e da solidariedade, vertentes que o encontram sempre disponível para dar o seu contributo. Gosto deste meu velho amigo. Um abração Manel e as tuas melhoras!!!

publicado por Etc e Tal às 11:43
sinto-me:

Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

15
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


QUANTOS FREGUESES ESTÃO AQUI online E QUANTOS PASSARAM POR AQUI: Contador de visitas

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO